Arcanum Editora
Product ID: 1501
Product SKU: 1501
New In stock />
MAÇONARIA BRASILEIRA: a história ocultada
Lançamento

MAÇONARIA BRASILEIRA: a história ocultada

Marca: Arcanum Editora Disponibilidade: Disponível em 4 dias úteis

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Após anos de buscas, coletas e organização de documentos, muitos deles inéditos, e um trabalho de pesquisa e escrita ainda mais intensificado durante a pandemia, Kennyo Ismail apresenta sua nova obra, “MAÇONARIA BRASILEIRA: a história ocultada”, que abre e revela o conteúdo da caixa-preta de oito décadas da Maçonaria brasileira, abrangendo, desde o período anterior ao surgimento das Grandes Lojas, até o período posterior ao surgimento da COMAB.

Foram milhares de documentos analisados que reescrevem, com base em fatos documentados, muitas das histórias que nos têm sido contadas pelos meios oficiais e obras literárias publicadas até então. Ainda, eles revelam uma verdadeira e longa guerra travada nacional e internacionalmente nos bastidores da Maçonaria brasileira, ocultada dos olhos da base.

Serão revelados detalhes não apenas da origem, desenvolvimento e funcionamento dos bastidores dessa guerra envolvendo as três vertentes maçônicas simbólicas brasileiras (GOB, CMSB e COMAB), mas também envolvendo os Supremos Conselhos do REAA, os Ritos Adonhiramita, Brasileiro e Moderno, a Confederação Maçônica Interamericana, a Conferência dos Grão Mestres dos Maçons na América do Norte, a Grande Loja Unida da Inglaterra, e como tudo isso direta e indiretamente se relacionou a esses conflitos e seus blocos, ao longo de mais de 80 anos, sem que os maçons da base soubessem.

Além dos bastidores das relações interpotenciais brasileiras, alguns documentos revelaram outros fatos curiosos, ocultados ao longo dos anos. Como exemplo, você sabia:

  • Que uma potência maçônica brasileira ofereceu o Grão-Mestrado a um profano?
  • Que uma potência maçônica brasileira já teve problemas com prostituição e consumo de drogas em suas dependências?
  • Que uma potência maçônica brasileira já sofreu “Intervenção Militar”, com um general se auto-declarando Grão Mestre?
  • Que, na Ditadura Militar, um irmão foi preso e torturado por um Delegado de Polícia, também maçom, não por ideologia política, mas por sua vertente maçônica?
  • Que uma potência maçônica brasileira já teve um Grão Mestre ateu?

Esses são apenas cinco dentre os mais de cem fatos apresentados e comprovados, sendo que alguns descortinam verdades desconcertantes.

E por que conhecer a verdade sobre nossa história é tão importante? Porque esse período de união que estamos vivendo atualmente entre as três vertentes maçônicas brasileiras já foi experimentado outras vezes no passado, e sempre durou pouco. Para que essa união seja próspera e duradoura, é necessário retirar os esqueletos e o que mais estiver oculto no armário ou debaixo do tapete. Isso porque “a Maçonaria que não conhece a sua história está condenada a repeti-la”.Se o desejo de perpetuar esse período de união da Maçonaria brasileira é realmente genuíno, faz-se necessário entranhar-se no âmago dos conflitos, suas reais razões e motivações. Sem conhecermos e, principalmente, reconhecermos os erros desse passado não tão distante, não demorará para que eles se repitam.

Kennyo Ismail é pesquisador, professor, palestrante e escritor. Foi o tradutor e comentarista do clássico Ahiman Rezon (2016), e o revisor técnico da edição brasileira do best-seller Maçonaria para Leigos (2015). É autor de obras como Desmistificando a Maçonaria (2012), O Líder Maçom (2014), Debatendo Tabus Maçônicos (2016), História da Maçonaria Brasileira para Adultos (2017), Um Clone para Deus (2017), O Livro do Venerável Mestre (2018), e Ordem sobre o Caos (2020).

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características